Templates da Lua

Créditos

Templates da Lua - templates para blogs
Essa página é hospedada no Blogger. A sua não é?

quarta-feira, 17 de março de 2010









                                                                                       


Preciso escrever
a urgência dos meus pensamentos
estrangulam a folha e a pena...
Mas, como revelar meus segredos?
Sim, eu sei, caro papel,
não és meu amigo..
És fraco, imaturo.
Facilmente me trocaria por outras mãos
dispensando meu amor,
expondo minha alma a alguém qualquer,
deitando com meu inimigo.
Contudo, eis que me iludo..
Desesperadamente acredito nas suas promessas ocultas,
porque preciso escrever..
A volúpia que transborda do meu peito
Exige a revelação da obscuridade e do amor,
pois é isso que necessito: AMOR!
Como ousa zombar de mim, ingrato papel?!
Não sabes o que são os desejos humanos..
Tu és frígido demais para compreender.
No entando, sou eu quem deveria zombar de você
porque nunca saberá o que é a doçura de um beijo.
Apenas a dor da folha e da pena.
Pobre de ti, que não tem o desespero de um abraço..
Pobre de ti, que não sente o calor do amor..
Pobre de ti, que apenas zombas de mim..
Quando na verdade, tu és o PALHAÇO!

- Luana Eckert



* legenda: 
Papel: A.N.


6 comentários:

SiMpLiSmEnTe CrIs disse...

adorei muito legal mesmo....beijokas seu blog ta show volto depois

Astréia disse...

Parabéns! Você escreve muito bem...adorei!

Afonso Mendes disse...

Belo Texto!

Parabééns!!

Adorei!


http://6boyslife.blogspot.com/
vai lá!

Vota no GIOVANNI na enquete? :D

Tainara disse...

LINDO o seu texto, amei mesmo, de coração *-*

karlo disse...

Hum...
coitado do papel, não pode sentir realmente o amor...

Texto muito inteligente, gostei bastante ;D

da uma passada no meu blog ;D
té mais

Tati disse...

Gostei do seu cantinho, vou voltar com certeza. Adorei sua visita, beijos e mais beijos.